Curso de Estética Fortaleza, Ceará

Curso de estética em Fortaleza. Encontre instituições de ensino desta área em sua região. Aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes.

Easy Way Intercâmbios
(85) 9608-4689
Av. Santos Dumont, 3060 Sala 515
Fortaleza, Ceará
 
SOS EXPRESS
08888081152
RUA SAO PAULO 749
JUAZEIRO DO NORTE, Ceará
 
Instituo Seigan - Aikido e consultoria empresarial.
(85) 9902-8135
Rua Sertão dos Inhamuns, 200 - Cidade dos Funcionários.
Fortaleza, Ceará
 
INFORMAR - Cursos em Tecnologia da Informação
(85) 3371-1255
Pça Major Bráz, 19 Centro
Maracanaú, Ceará
 
Inst de Línguas Rogerio Costa
(85) 262-2061
tv Santos Dumont, 6900, lj 17, Alto Da Balança
Fortaleza, Ceará
 
Palestrante André Morrevi
(85) 8701-9080
Rua Otoni Façanha de Sá 09
Fortaleza, Ceará
 
I.S.M.A. International Society of Martial Arts
(85) 8826-9526
Av. Carapinima N°1825 Benfica
Fortaleza, Ceará
 
SOS EXPRESS
(88) 3571-7479
RUA SAO PAULO,749
JUAZEIRO DO NORTE, Ceará
 
CriAtividade Moda e Conceito
(85) 8871-3097
Rua Barros Leal,2470
Fortaleza, Ceará
 
Inglês Wisdom Conversacao
(85) 244-2823
vl Bruno, 952, Benfica
Fortaleza, Ceará
 

Espelho, espelho meu...

Valores considerados capitais no Renascimento, através da perfeição dos corpos como o de Davi de Michelângelo, tanto quanto no Egito, com a criação das perucas, dos cosméticos e do culto à beleza assertivado por Cleópatra, intuindo o retardamento da velhice, a estética desponta como um dos elementos imprescindíveis nessa era. No decorrer da existência humana, a todo custo, procuramos e por fim entendemos que a quantidade de rugas, necessariamente, não estereotipa as nossas experiências de vida. Assim, com o desenvolvimento das empresas de cosméticos e das técnicas de antienvelhecimento, é perceptível a quantidade, a cada dia mais acentuada, de pessoas que negam as primaveras vividas.

Em busca do corpo perfeito, da face simétrica, de traços cada dia mais delicados, as pessoas submetem-se aos mais diversos tratamentos de beleza, implantando silicones, aplicando botox, paralisando as marcas de expressão das faces, predispondo-se às cirurgias plásticas: todos esses artifícios em nome de uma melhor perspectiva para olhar-se no espelho, aceitando-se da melhor maneira possível. Tal conclusão é comprovada pela terapeuta Glória Ribeiro e a cirurgiã plástica Telma Matos. Mesmo com tantos adeptos rumo à perfeição, há uma parcela da sociedade, que de maneira conservadora, insiste em dizer que esse comportamento perfaz um contexto baseado na futilidade de pessoas que posicionam a aparência de forma importante que a essência. Entretanto, não é direito de todos, se insatisfeitos com os detalhes do corpo, poder mobilizá-los, para aceitar-se de maneira mais ampla? Lembremo-nos do conto no qual a bruxa má, porém bela, posicionava-se frente ao espelho e com tamanha satisfação questionava ao mesmo: “espelho, espelho meu, existe alguém mais bela do que eu? “. Claro, que em meio aos avanços de valores, víamos naquela criatura o egocentrismo da mais alta periculosidade, o que nos leva a crer, que todo forma de exagero não é um fator positivo. Porém, não é mais inteligente averiguarmos, que o ocorrido neste momento caracteriza-se como a democratização do belo? Exatamente. Houve uma transformação muito grande e assim percebemos que jovens e os representantes da meia idade ou de idade secular, risos, galgam positivamente a eterna juventude, e por fim, a inversão de conceitos centra-se, ao passo em que a maioria lapida-se por fora para tornar-se mais regozijada por dentro. Que mal, então, existe? Até esse nenhum. Contudo, uma outra parte, insipiente para lidar com as próprias transformações, tende a exagerar na busca da imagem, esquecendo-se que, mesmo analisado como uma nova forma positiva, há outros valores que não podem ser ignorados ante ao fato de as pessoas possuírem seios calibrados, bumbum recauchutado, pernas torneadas, abdômen de tanquinho ou algo do gênero. Afinal, não somos cabides para sustentar adereços como o fazem as modelos, no que diz respeito à ditadura da moda. Por que, agora, toda garota quer ser esquelética como Gisele ou turbinada como as Shei...

Clique aqui para ler este artigo em Vestibular Seriado