Curso de Química Carapicuíba, São Paulo

Curso de química em Carapicuíba. Encontre instituições de ensino desta área em sua região. Aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes.

Bit Company Educação & Tecnologia
(11) 3685-1500
r Castelo Branco,Pres, 27, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Colégio Anglo
(11) 3682-2528
r Euclides da Cunha, 377, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Escola Senai Nadir Dias de Figueiredo
(11) 3685-7999
r Ari Barroso, 305, Pres Altino
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Escola Clara Luz
(11) 3682-3300
av Autonomistas, 3191, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Escolas Argos S/S Ltda
(11) 3681-0336
r República do Líbano, 79, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
SENAC - Osasco
(11) 2164-9877
r Dante Batiston, 248, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Colégio Chip
(11) 3683-9424
r João Collino, 119, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Colégio Padre Anchieta
(11) 3681-3437
r Batista de Azevedo, 340, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Abilitty Recrutamento e Seleção
(11) 3608-1503
av Autonomistas, 5152, Sl 7, Quilômetro Dezoito
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Saspe Centro de Formação de Vigilantes S/C Ltda
(11) 3608-5254
r Luiz Henrique de Oliveira, 871, Vl Quitaúna
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Química Inorgânica II

I - SOLUÇÕES

  • Menor quantidade: Soluto
  • Maior quantidade: Solvente
Ex.: Solução Gasosa: Ar atmosférico(N2 + O2)
Solução Líquida: Água Salgada
Solução Sólida: Ouro 18 quilates
Obs.: Dissolução Endotérmica: O aumento da temperatura favorece a dissolução do soluto no solvente.
Dissolução Exotérmica: O aumento da temperatura diminui a dissolução do soluto no solvente.

a) Solução Insaturada: A quantidade de soluto dissolvido é inferior ao coeficiente de solubilidade numa determinada temperatura.
b) Solução Saturada: A quantidade de soluto dissolvido é igual ao coeficiente de solubilidade numa determinada temperatura.
c) Solução Supersaturada: A quantidade de soluto dissolvido é superior ao coeficiente de solubilidade numa determinada temperatura. É INSTÁVEL.

1) Expressões Físicas de CONCENTRAÇÕES:

a) COMUM ou g/l: C =

b) MOLAR ou mol/l:

c) Relação entre concentração g/L e mol/L

C = M . MM1
d) Título(%): =
Obs.: Relações entre C, , d e M
C = d . . 1000
M . MM1 = d . . 1000

e) Fração Molar(X):

2) Diluição: Adicionar SOLVENTE à solução.

  • Não altera o soluto.
  • Concentração diminui.
C1 . V1 = C2 . V2
M1 . V1 = M2 . V2

V2 = V1 + V(H2O)

3) Mistura:
a) Sem reações químicas de mesmo soluto: A concentração obtida terá valor intermediário à das soluções misturadas.
M1V1 + M2V2 = M3V3 , onde: V3 = V1 + V2
b) Sem reações químicas com solutos diferentes: A concentração de cada soluto na mistura é calculada como se cada solução em particular tivesse sofrido uma diluição.
c) Com reação química: Para misturar soluções em que ocorre reação, é fundamental saber equacionar a reação e balancear. calcula-se o n° de mols da substância e analisa as proporções dos componentes.
Obs.: TITULAÇÃO: É a determinação de uma concentração desconhecida através de outra que se conhece a concentração.
As vidrarias utilizadas em uma titulação são:

  • Bureta: coloca-se a solução padrão ou titulada.
- Erlenmeyer: coloca-se a solução problema.

II - PROPRIEDADES COLIGATIVAS

  • Menor quantidade: Disperso.
  • Maior quantidade: Dispersante ou Dispergente.
    • Sedimentação: Ultracentrífuga.
    • Separação: Ultrafiltro.
    • Observação: Ultramicroscópio.
∗ Pressão de Vapor(Pv): Quanto mais volátil o líquido, maior Pv.
1) Tonoscopia ou Tonometria: Abaixamento da pressão máxima de vapor. Quanto mais partículas dissolvidas, maior o abaixamento da Pv.
DP = Kt . W DP = P0 - P2
Po

Onde: P0 - Líquido puro.
P2 - Solução.
Kt - constante tonométrica.
2) Crioscopia ou Criometria: abaixamento da temperatura de congelação de um solvente ocasionado pela dissolução de um soluto não volátil. Quanto mais partículas dissolvidas, maior o abaixamento da temperatura de congelação.
DTc = Kc . W DTc = T0 - T2
Onde: T0 - Líquido puro.
T2 - Solução.
Kc - constante criométrica.
3)...

Clique aqui para ler este artigo em Vestibular Seriado